em Coleção.Moda

Como funcionam as estamparias dentro da sua empresa? Você conhece as técnicas oferecidas hoje no mercado? Nós listamos 4 delas, para te ajudar a entender isso.

A criação de estampas exclusivas além de transmitir o conceito da coleção, agrega valor à marca. Cores e estampas são primeiramente percebidas pelo consumidor em uma peça, antes mesmo do tecido, modelagem e qualidade da roupa. Escolhemos as técnicas mais difundidas nos produtos de moda e falaremos mais para você, confira!  

 

1) ESTAMPARIA DIGITAL

A estamparia digital é feita através da impressão do desenho diretamente sobre a superfície do tecido. Está cada vez mais ganhando espaço no mercado e substituindo alguns processos mais tradicionais como a estampa rotativa e serigrafia. A grande vantagem da técnica digital é permitir estampas com cores ilimitadas em ótima qualidade, o que amplia os horizontes da criação, a desvantagem que ainda se tem um alto custo com esse processo. A estamparia digital ainda proporciona maior nitidez e precisão, e ainda é menos poluente que outras técnicas.

 

2) ESTAMPARIA ROTATIVA

Já a estamparia rotativa é realizada através da gravação de cilindros metálicos com micro perfurações que permitem que a tinta contida dentro do cilindro passe para o tecido. A estampa é desenvolvida através de rapport, um padrão que será repetido até preencher toda a área do tecido. Para cada cor existente no desenho é necessário gravar um cilindro diferente, por isso a técnica é utilizada para estampas com poucas cores, pois quanto maior o número de matizes, mais elevado é o custo de produção.

 

3) SUBLIMAÇÃO

A técnica de estamparia através de sublimação tem esse nome pois consiste na passagem da tinta em estado sólido diretamente para o gasoso. O procedimento é realizado através da impressão da arte em um papel específico com tinta sublimática, e posteriormente, transfere o desenho do papel para a peça através de uma prensa.

 

4) SERIGRAFIA

A serigrafia, também é popularmente conhecida como estampa em tela. O processo é realizado a partir de uma tela de nylon perfurada, onde foi inicialmente gravado o desenho ou parte dele através da revelação pela impressão de um filme fotolito, que permite que a tinta passe somente nos locais desejados da tela. A tinta é então aplicada na tela e transferida para o tecido pelos furos uniformemente. Para cada cor da estampa, é necessário a produção de uma dessas telas, o que encarece e dificulta a produção de desenhos com várias cores.

 

Ficou com dúvida, deixe seu comentário! 🙂

Escrito por Ana Cláudia Antunes

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Bitnami