em Coleção.Moda

Milão se destaca no circuito internacional de semanas de moda por apresentar marcas de peso no cenário mundial atual. Grifes com forte traço tradicionalista, constantemente buscam inspiração na arquitetura e história italiana. O evento é conhecido por apresentar alfaiataria com acabamentos arrojados e ser uma grande fonte de referência para a estamparia. Ficou curioso para saber como foi a versão Verão 2018 do MFW? Leia abaixo sobre os desfiles de maior repercussão!

A divertida coleção para o Verão 2018 da Moschino iniciou com looks que mesclavam referências do universo rocker com elementos extremamente femininos e tutus de bailarina. A segunda metade do desfile parecia ter saído diretamente de uma floricultura, os vestidos lindíssimos – e conceituais – transformaram as modelos em verdadeiras flores e buquês humanos.

 

O verão 2018 de Dolce & Gabbana intitulado “Rainha de Copas” tinha como inspiração o amor. Em uma cartela de cores bastante ampla, as belíssimas estampas florais acompanharam as padronagens referenciadas em cartas de baralho, cupidos e até vegetais. As modelagens clássicas da marca foram apresentadas e também túnicas sobrepostas a leggings, nos comprimentos destaque para midi e longos até o tornozelo.

 

Donatella transformou o verão 2018 da Versace em uma linda homenagem ao fundador da grife, Gianni. O desfile marca os 20 anos da morte brutal do estilista, que chocou o mundo da moda. Para a coleção foram reinterpretadas algumas das mais interessantes criações de Gianni, animal print, tecidos metalizados, estampas barrocas e as memorais inspiradas na popart estavam presentes.

 

O clima futurista, inspirado no manifesto de Filippo Tommaso Marinetti, dominou a passarela da Fendi. Destaque para os shapes com linhas retas e modelagens estruturadas e com recortes, e nas estampas, listras e xadrez foram acompanhados com florais abstratos. O toque de excentricidade ficou por conta da produção e cabelos tingidos de azul.

 

Com inspiração nas heroínas das histórias em quadrinho, o Verão 2018 da Prada aproveita para levantar as questões de gênero tão discutidas nos últimos tempos em uma linda coleção. As linhas retas e duras das peças, em alfaiataria impecável, foram apresentadas em uma paleta de cores com predominância de preto e alguns toques de vermelho e laranja. Já as estampas de cartoon e animal print roubaram a cena.

 

Escrito por Ana Cláudia Antunes

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Bitnami