O que as tendências de cores para o verão de 2020 nos dizem sobre o futuro?

O Coleção. Moda já se atualizou e liberou a previsão de tendências  de cores para o verão de 2020, mas, como sabemos, as cores em alta são nada mais do que um reflexo do comportamento da sociedade, que ao mudar de hábitos, costumes e prioridades passa a ter novas ideologias, certezas e desejos de consumo, é devido a  essa busca por suprir antecipadamente esses desejos, que hoje listaremos 3 tendências de comportamento que estão atreladas as cores que estão em evidência para 2020.

 

1-Empoderamento:

Uma palavra cada vez mais usada, segue em alta, a previsão é que em 2020 o empoderamento esteja principalmente nas mãos na geração Z,  eles que estão cada vez mais antenados na politica e mais empenhados em lutar por causas sociais.

A paleta de cores que parte dessa premissa é otimista e nostálgica, cheia de tons  com a aparência desbotada dos anos 80, com destaque principalmente os tons pasteis.

 

2-Inteligência emocional:

A Inteligência Artificial já é uma realidade,  e estamos aqui demonstrando na prática que ela veio pra ficar e facilitar nossas vidas. Até 2020 a IA não será mais uma novidade e já estará adaptada ao nosso dia-a-dia, com todos os benefícios que ela nos proporcionará alguns esforços não serão mais necessários com isso no que se refere ao meio profissional  o grande diferencial procurado por empregadores será a inteligência emocional (EQs), vide as grandes empresas, como google, que já estão investindo em pesquisas sobre o assunto e treinamentos sobre o tema para os funcionários.

A Paleta de cores que reflete essa valorização da boa administração das emoções humanas é cheia de tons reconfortantes, quentes e relacionáveis.  Amarelos e laranjas ganham o destaque principal.

 

3 – A expansão do personalizado e a tecnologia ecológica:

Novas tecnologias em ascensão já nos dão uma ideia das revoluções que começam em 2020, o grande destaque aqui  se dá ao estudo do DNA, que passa a ser feito em grande escala personalizando produtos, cosméticos e fármacos de acordo com a  genética específica de cada um.

Além  disso há um grande investimento em objetos feitos para durar e inclusive objetos com o poder de se regenerar com a ajuda de fungos . As algas também ganham destaque ao serem vistas como matéria prima para um possível substituto do plástico.  Tecnologia passa a se reinventar de maneira ecologicamente consciente.

 

As cores que refletem  essa área de tendências são os tons terrosos e naturais que nos remetem a natureza, e os novos neutros.

 

Escrito por Taís Perkoski