em Coleção.Moda

A semana de moda Parisiense é famosa pela moda festa e alfaiataria de luxo, e até mesmo as marcas com propostas casuais desfilam coleções repletas de sofisticação, onde os materiais nobres são valorizados em peças elegantes e arrojadas. O evento encerra a maratona de desfiles internacionais para o Verão 2018, fique por dentro do que rolou no PFW!

A Ópera Garnier foi o palco escolhido para apresentar o verão da Balmain que buscou inspiração nos maiores hits da grife, como alfaiataria barroca, silhuetas com ombros exagerados, suéteres metalizados, transparências e babados estruturados. A paleta de cores contou com preto, branco, azul e vermelho, em peças com tecidos tramados e franjas. As estampas gráficas, listras, poás e quadriculados arrematam a coleção.

 

O Verão 2018 de Elie Saab tem como inspiração a Amazônia, num conceito selvagem, elegante e sexy, sem perder a essência da marca. As peças em cores vibrantes, e com presença recorrente de franjas, foram desfiladas ao som de funk brasileiro. Para ilustrar a coleção, belíssimas estampas de folhagem e também de píton, reforçando a tendência animal print.

 

Para desfilar o Verão 2018 da Chanel, Karl Lagerfeld escolheu o Grand Palais e construiu uma “paisagem efêmera” com grutas e cascatas artificiais. O destaque da coleção foi o plástico transparente, que deu vida às botas, acessórios e até mesmo aos casacos. Elementos clássicos da marca, como o tweed e o casaqueto, são apresentados com uma pegada streetwear em uma cartela de tons pastel, com forte presença do azul.

 

A coleção da Valentino traz como referência o glamour da década de 80, misturado ao minimalismo dos anos 90 com um toque de futurismo. Com silhueta larga, os looks apresentam diversas sobreposições, e as estampas escolhidas são floral e poá. Na cartela de cores, destaque para o vermelho, pink e roxo.

 

A emblemática Tour Eiffel foi o cenário eleito para o desfile da Saint Laurent inspirado no amor entre Yves e Pierre Bergé. Vestidos curtíssimos em silhuetas volumosas fizeram referência às coleções de alta costura assinadas pelo fundador da grife na década de 80. Mangas bufantes, saias balonês e botas de franjas também se destacaram em meio a uma cartela de cores praticamente dominada pelo preto e branco.

 

Escrito por Ana Cláudia Antunes

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Bitnami